Um dos maiores nomes do metal nacional, a banda Claustrofobia, retorna com o lançamento do novo single, intitulado “Riff Cult”. Produzido por Adair Daufembach, o single, junto com o videoclipe, são um aperitivo para o próximo álbum da banda. Com pré-estreia realizada no dia 02 de dezembro, com exclusividade pela revista americana Decibel, o videoclipe tem sua estreia mundial hoje e já está disponível em todos os canais da banda.

O videoclipe foi produzido pela própria banda e editado pelo baterista Caio D`Angelo durante a quarentena e mostra a ação no mais puro compromisso com o heavy metal. “A quarentena impossibilitou a saída das pessoas, então decidimos produzir um videoclipe no estilo “faça você mesmo”. Gravamos tudo na garagem do Swamp Loco Studio em Las Vegas, onde guardamos nosso equipamento e ensaiamos. Só nós três tocando com muita intensidade e uma edição com muita adrenalina. Adicionamos imagens da tatuagem que fiz nos dedos com Carlos Aguilar (tatuagem Blackshadows) no estúdio High Voltage em L.A que deu o clima necessário”, ressalta o vocalista Marcus D`Angelo.

A música é uma celebração e homenagem aos riffs de guitarra, explica Marcus D`Angelo: “Nós consideramos isso uma cultura, um culto. É o gancho de todo metal, tudo nasce do riff de guitarra. E com o ‘Riff by Riff’, estamos alimentando nossa paixão pelo metal, alimentando nosso desejo de continuar o legado. O Riff é o que nos vicia no bom sentido. Nessa quarentena o amor pelo metal ficou mais evidente, sem shows e sem contato com os fãs, então resolvemos homenagear e comemorar”.

“Riff Cult” é o primeiro single do novo álbum Claustrofobia, com lançamento previsto para o final de 2021, e foi produzido pelo renomado produtor brasileiro Adair Daufembach que já trabalhou com nomes como Megadeth, Angra, Kiko Loureiro, Aquiles Priester, Dirk Verbeuren e Tony MacAlpine. Sobre o novo álbum, Marcus diz: “Trabalhamos muito em novas músicas e mal podemos esperar para mostrá-las aos nossos fãs antigos e os novos fãs que estamos conquistando nessa nova fase”.

Você pode ver o clipe na íntegra clicando aqui.